up

Opção `Lembrar-me nesse computador`

Selecione a opção `Lembrar-me nesse computador` se quiser ser conectado automaticamente nesse computador no futuro. Sua conta permanecerá ativa durante 45 dias. Por favor, não use a opção `Lembrar-me nesse computador` se estiver usando um computador com acesso público ou que é usado por mais de uma pessoa.

Início

Termos e Condições

TERMOS E CONDIÇÕES

Este documento contratual regerá a compra de produtos e a contratação de serviços através do website www.tradeinn.com, propriedade da TRADEINN RETAIL SERVICES, adiante designada por TRADEINN RETAIL SERVICES, e proprietária das seguintes lojas on-line: www.scubastore.com, www.trekkinn.com, www.bikeinn.com, www.snowinn.com, www.swiminn.com, www.smashinn.com, www.waveinn.com, www.motardinn.com, www.outletinn.com, www.goalinn.com, www.runnerinn.com, www.xtremeinn.com, www.dressinn.com, www.traininn.com, www.kidinn.com, www.techinn.com e www.bricoinn.com.

A aceitação deste documento implica que o Cliente:
- Leu, compreende e compreende o que aqui é dito.
- Ao fazer uma encomenda através deste website, o Cliente declara que tem mais de 18 anos de idade e tem capacidade legal para celebrar contratos. Contudo, se tiver entre 14 e 18 anos de idade, o Cliente pode solicitar informações sobre produtos e eventos. Em qualquer caso, é aconselhável que o Cliente tenha consigo os seus pais ou representantes legais antes de navegar e/ou registar-se nas nossas lojas online ou aplicações móveis, para que eles possam explicar quaisquer questões que possam surgir. Se o Cliente tiver menos de 14 anos de idade, não nos forneça quaisquer informações pessoais, uma vez que o Fornecedor não as pode aceitar.
- O Cliente assume todas as obrigações aqui enunciadas.

Estes termos e condições serão válidos por um período de tempo indefinido e aplicar-se-ão a todas as compras efectuadas através do website do Fornecedor.

O Fornecedor informa que o comerciante é responsável e está ciente da legislação em vigor nos países para onde envia os produtos e reserva-se o direito de modificar unilateralmente as condições, sem afectar os bens ou promoções que foram adquiridos antes da modificação.

IDENTIDADE DAS PARTES CONTRATANTES

Por um lado, o Fornecedor dos produtos adquiridos ou serviços contratados pelo Cliente é TRADEINN RETAIL SERVICES, com sede social em C/ Pirineus, 9 - 17460 Celrà (Girona), NIF B17527524 e com número de telefone de atendimento ao Cliente: +34 93 220 00 89.

E por outro lado, o Cliente, registado no website através de um nome de utilizador e palavra-chave, pelo qual tem plena responsabilidade de utilização e custódia, e é responsável pela veracidade dos dados pessoais fornecidos ao Fornecedor.

OBJETO DO CONTRATO

O objectivo deste contrato é regular a relação contratual de compra e venda entre o Fornecedor e o Cliente quando o Cliente aceita a caixa de verificação relevante durante o processo de encomenda on-line.

A relação contratual de compra e venda envolve a entrega, em troca de um preço específico e exibido publicamente através do website, de um produto ou serviço específico.

PROCEDIMENTO DE PROCURAMENTO

O Cliente, para aceder aos serviços ou produtos oferecidos pelo Fornecedor, deve registar-se através do website, criando uma conta de utilizador. Por conseguinte, o Cliente deve fornecer livre e voluntariamente os dados pessoais que serão necessários, os quais serão processados de acordo com as disposições dos regulamentos actuais sobre protecção de dados pessoais, Regulamento (UE) 2016/679 de 27 de Abril de 2016 (GDPR) e LOPDGDD 3/2018 de 5 de Dezembro sobre a protecção de pessoas singulares no que diz respeito ao processamento de dados pessoais e à livre circulação de tais dados e detalhados no Aviso Legal e Política de Privacidade deste website. O Cliente deverá seleccionar um nome de utilizador e uma palavra-chave, comprometendo-se a utilizá-los diligentemente e a não os disponibilizar a terceiros, bem como a notificar o Fornecedor da sua perda ou roubo ou do possível acesso por terceiros não autorizados, para que este último possa proceder ao seu bloqueio imediato. O Fornecedor informa que durante o processo de compra ou contratação de serviços, o Cliente terá de se identificar com um nome de utilizador e palavra-chave. O Cliente terá acesso às suas encomendas, facturas, seguimento de encomendas, bem como modificação de dados. Estas palavras-passe serão utilizadas para aceder aos serviços fornecidos através do Website. O Fornecedor coloca à disposição dos Clientes meios técnicos para identificar e corrigir erros na introdução de dados nos formulários. No carrinho de compras e nos formulários em geral, o formato correcto dos dados será automaticamente validado e será dada ao utilizador a opção de os corrigir. Uma vez criada a conta de utilizador, é comunicado que, de acordo com os requisitos do artigo 27 da Lei 34/2002, de Serviços da Sociedade da Informação e Comércio Electrónico (LSSICE), o procedimento de contratação seguirá os seguintes passos:

1. Termos e condições gerais.
2. Envio e entrega de encomendas.
3. Renúncia.
4. Devoluções.
5. Queixas.
6. Força maior.
7. Jurisdição.
8. Informação gerais sobre a oferta.
9. Preço e período de validade da oferta.
10. Custos de transporte.
11. Métodos de pagamento, cargas e descontos.
12. Processo de compra.
13. Doações com a Intermon Oxfam.
14. Garantias aplicáveis.
15. Lei aplicável e jurisdição.
16. Confiança Online.

1. TERMOS GERAIS DE CONTRATAÇÃO

Salvo acordo escrito em contrário, a realização de uma encomenda junto do Fornecedor constituirá a aceitação pelo Cliente dos presentes termos e condições legais. Nenhuma disposição tomada pelo Cliente poderá diferir das do Fornecedor, a menos que seja expressamente aceite antecipadamente e por escrito pelo Fornecedor. Para efectuar uma encomenda, o Cliente deverá seguir o procedimento de compra online e clicar na aceitação dos Termos e Condições e no botão para finalizar a encomenda (com obrigação de pagamento).

2. ENVIO E ENTREGA DE ENCOMENDAS

O Cliente deve notar que as encomendas serão enviadas dentro dos limites do stock disponível. Se um dos artigos encomendados não se encontrar em stock, o Fornecedor compromete-se a enviar ao Cliente um e-mail o mais rapidamente possível (a partir da data em que a encomenda foi efectuada) para o informar do período dentro do qual o(s) seu(s) produto(s) pode(m) ser expedido(s). Se o Cliente não estiver interessado em esperar, poderá solicitar o reembolso do montante pago pelo(s) produto(s) em questão. Se algum dos produtos da sua encomenda, uma vez facturado, não estiver disponível, o Fornecedor compromete-se a enviar ao Cliente os produtos disponíveis. Se possível, o Fornecedor deverá oferecer ao Cliente um artigo de qualidade e preço equivalentes para substituir o produto indisponível. Caso o Cliente não aceite o produto de substituição proposto, o Fornecedor deverá reembolsar o Cliente pelo produto indisponível. Ao efectuar uma encomenda, o Cliente poderá escolher a sua opção de entrega uma vez que todos os artigos tenham sido adicionados ao cesto. O Fornecedor enviará a encomenda para o endereço fornecido pelo Cliente ao efectuar a encomenda. Para garantir a entrega segura do pacote, o transportador requer uma assinatura para confirmar que a entrega foi concluída com êxito. Se não houver ninguém para receber a encomenda, o estafeta tentará uma nova entrega, depositará a encomenda junto de um vizinho ou devolverá a encomenda ao posto de correios local para guarda segura. Caso a encomenda não possa ser entregue devido a qualquer motivo, tal como morada incorrecta, ausência do destinatário, recusa da encomenda, etc., a encomenda será devolvida ao nosso armazém. Em tal situação, o Fornecedor reembolsará apenas o preço dos produtos pagos, uma vez que a encomenda tenha chegado ao nosso armazém. O Cliente receberá o reembolso pelo mesmo método de pagamento utilizado para efectuar a encomenda. Neste caso, os custos de envio não serão reembolsados. A entrega será considerada efectuada logo que o transportador tenha colocado os produtos à disposição do Cliente e o Cliente, ou o delegado do Cliente, tenha assinado o documento de recibo de entrega. É da responsabilidade do Cliente verificar os produtos no momento da recepção e declarar quaisquer reservas e reclamações que possam ser justificadas no documento de recibo de entrega. No caso de a contratação não implicar a entrega física de quaisquer produtos, sendo estes descarregados directamente do website, o Fornecedor deverá informar previamente o Cliente sobre o procedimento a ser seguido para efectuar este descarregamento. As reclamações de pacotes marcados como ´entregues´ devem ser apresentadas após 3 dias e antes de 15 dias a partir da data em que o pacote foi marcado como ´entregue´. As reclamações para pacotes que se presumem perdidos (quando o estatuto não é ´entregue´) devem ser submetidas após 3 dias e dentro de 30 dias após a última actualização de rastreio. Para apresentar uma reclamação, o Cliente deve contactar o Fornecedor através do website. Se o Cliente seleccionou adquirir o seguro Route+ ao efectuar a encomenda e tiver um problema com o envio, o Cliente deve apresentar a reclamação directamente com Route. Para processar a reclamação com Route, o Cliente pode fazê-lo através da aplicação móvel fornecida por Route para dispositivos iOS ou Android. Alternativamente, pode ser feito através do e-mail que o Cliente recebeu da Route depois de fazer a sua encomenda, ou através do preenchimento do formulário de reclamação on-line: https://claims.route.com. O Cliente pode rever os termos e condições usando o seguinte link: https://content.route.com/terms-and-conditions.

3. RENÚNCIA

O Cliente dispõe de um prazo de catorze dias de calendário a partir da data de recepção do produto adquirido na nossa loja online, para exercer o direito de rescisão e cancelar o contrato celebrado entre as partes (Artigo 71 do Real Decreto Legislativo 1/2007 de 16 de Novembro, que aprova o texto revisto da Lei Geral de Defesa dos Consumidores e Utilizadores e outras leis complementares). Em qualquer caso, o custo da devolução do produto será suportado pelo Cliente, com excepção das anulações baseadas na falta de conformidade com o produto. Note-se que, de acordo com o considerando 47 da Directiva 2011/83/UE, se o Cliente desejar exercer o direito de rescisão após ter utilizado os bens mais do que o estritamente necessário para determinar a sua natureza, características ou funcionamento, o Cliente será responsável por qualquer depreciação dos bens. Entende-se que, a fim de determinar a natureza, características ou funcionamento dos bens adquiridos, o Cliente só pode e deve efectuar as mesmas manipulações e inspecções dos bens que as que seriam admitidas num estabelecimento físico. Por conseguinte, durante o período experimental o consumidor deve manusear e inspeccionar os bens com o devido cuidado. De acordo com a arte. 103 do Real Decreto Legislativo 1/2007, o direito de rescisão não se aplica aos contratos relativos a:

(a) A prestação de serviços, uma vez que o serviço tenha sido integralmente executado, onde a execução tenha começado, com o prévio consentimento expresso do consumidor e utilizador e com o seu reconhecimento de que está ciente de que, uma vez que o contrato tenha sido integralmente executado pelo empresário, terá perdido o seu direito de retractação.
(b) O fornecimento de bens ou serviços cujo preço depende de flutuações no mercado financeiro que o empresário não pode controlar e que podem ocorrer durante o período de retirada.
(c) O fornecimento de bens efectuado de acordo com as especificações do consumidor e utilizador ou claramente personalizado.
(d) O fornecimento de bens que são susceptíveis de se deteriorarem ou expirarem rapidamente.
(e) O fornecimento de bens selados que não são adequados para devolução por razões de protecção sanitária ou higiene e que tenham sido des selados após a entrega.
(f) O fornecimento de bens que, após a entrega e tendo em conta a sua natureza, se tenham misturado inseparavelmente com outros bens.
(g) O fornecimento de bebidas alcoólicas cujo preço tenha sido acordado no momento da celebração do contrato de venda e que não possam ser entregues no prazo de 30 dias, e cujo valor real dependa das flutuações do mercado fora do controlo do comerciante.
(h) Contratos em que o consumidor e o utilizador tenham especificamente solicitado ao comerciante a sua visita para reparações ou manutenção urgentes; se, durante essa visita, o comerciante prestar serviços adicionais aos especificamente solicitados pelo consumidor ou fornecer bens que não sejam peças sobressalentes necessariamente utilizadas para efectuar a manutenção ou reparação, o direito de resolução deverá aplicar-se a esses serviços ou bens adicionais.
(i) O fornecimento de gravações seladas de som ou vídeo ou software selado que tenha sido des selado pelo consumidor e utilizador após a entrega.
(j) O fornecimento de jornais, periódicos ou revistas, com excepção dos contratos de assinatura para o fornecimento de tais publicações.
(k) Contratos celebrados através de leilões públicos.
(l) A prestação de serviços de alojamento para outros fins que não habitação, transporte de mercadorias, aluguer de automóveis, restauração ou serviços relacionados com actividades de lazer, se os contratos previrem uma data ou período de execução específicos.
(m) O fornecimento de conteúdos digitais que não são fornecidos num meio tangível onde o desempenho começou com o prévio consentimento expresso do consumidor e utilizador com o conhecimento de que perde o seu direito de retractação como resultado.

Para exercer o direito de retractação, o Cliente deve notificar a Tradeinn Retail Services S.L. de preferência através do preenchimento do formulário que encontrará no seguinte link. Ou o Cliente pode enviar o seu formulário de levantamento pelo correio, enviando-o para: Tradeinn Retail Services S.L., C/Pirineus, 9. 17460 Celrà (Girona - Espanha). Quando o Cliente tiver exercido o direito de retractação, o Fornecedor será obrigado a devolver as somas pagas pelo consumidor e utilizador sem retenção de custos. O reembolso destes montantes deve ser efectuado sem demora indevida e, em qualquer caso, antes de decorridos 14 dias de calendário a partir da data em que o consumidor e o utilizador tenham sido informados da decisão de rescisão do contrato.

4. DEVOLUÇÕES

Se o Cliente não estiver satisfeito com o produto que adquiriu, pode devolver o produto e obter um reembolso do preço do produto devolvido no prazo de 30 dias após a entrega dos produtos. Por outro lado, só serão aceites artigos não utilizados (excepto por motivos de defeito). Há certos produtos que não podem ser devolvidos, excepto no caso de produtos defeituosos, tais como produtos que não podem ser devolvidos devido a razões de higiene ou de protecção da saúde, se tiverem sido des selados pelo Cliente após a entrega (por exemplo, produtos cosméticos), ou que foram, após a entrega, misturados inseparavelmente com outros produtos; produtos que são susceptíveis de se deteriorarem ou expirarem rapidamente (e.por exemplo, produtos alimentares ou produtos perecíveis ou sujeitos a uma data de validade); gravações áudio ou vídeo seladas ou software selado se tiverem sido des seladas pelo Cliente após a entrega; mercadorias feitas segundo as especificações do Cliente ou claramente personalizadas, incluindo botas personalizadas, t-shirts personalizadas, luvas de futebol personalizadas ou esquis com encadernação montada. As instruções de devolução de um produto estão disponíveis na secção Devoluções.

5. QUEIXAS

Qualquer reclamação que o Cliente considere apropriada será tratada o mais rapidamente possível, e pode ser feita para os seguintes endereços de contacto:
Postal: TRADEINN RETAIL SERVICES, C/ Pirineus, 9 - 17460 Celrà (Girona) - Espanha
Telefone: +34 93 220 00 89
Correio: support@tradeinn.com

Resolução de Conflitos Online nos termos da Arte. 14.1 do Regulamento (UE) 524/2013, a Comissão Europeia fornece uma plataforma de acesso livre para a resolução de litígios em linha entre o Cliente e o Fornecedor, sem recurso aos tribunais, através da intervenção de um terceiro, denominado Organismo de Resolução de Litígios, que actua como intermediário entre os dois. Este organismo é neutro e dialogará com ambas as partes a fim de chegar a um acordo, podendo finalmente sugerir e/ou impor uma solução para o litígio. Link para a plataforma ODR: http://ec.europa.eu/consumers/odr/
>br>6. FORÇA MAIOR

As partes não serão responsáveis por qualquer falha devida a força maior. O cumprimento da obrigação será adiado até à cessação do evento de força maior.

7. JURISDIÇÃO

O Cliente não pode ceder, transferir ou transferir os direitos, responsabilidades e obrigações contraídas na venda. Se qualquer disposição destas condições for considerada nula ou inaplicável, a validade, legalidade e aplicabilidade das restantes disposições não serão afectadas de forma alguma, nem serão modificadas de forma alguma. O Cliente declara que leu, conhece e aceita estas Condições Gerais na sua totalidade.

8. INFORMAÇÕES GERAIS SOBRE A OFERTA

Todas as vendas e entregas efectuadas pelo Prestador estão sujeitas às presentes Condições Gerais. Nenhuma modificação, alteração ou acordo contrário à Proposta Comercial do Prestador ou aqui estipulado será eficaz, salvo acordo expresso por escrito assinado pelo Prestador, caso em que prevalecerão estes acordos particulares. Dado o contínuo progresso técnico e melhorias dos produtos, a Operadora reserva-se o direito de modificar as suas especificações no que respeita às informações fornecidas na sua publicidade, na medida em que tal não afecte o valor dos produtos oferecidos. Tais alterações aplicam-se igualmente no caso de, por qualquer razão, a possibilidade de fornecimento dos produtos oferecidos ser afectada. Prestamos grande atenção à informação sobre as características essenciais dos produtos através de descrições técnicas das nossas empresas e fabricantes parceiros, bem como de fotografias que ilustrem os produtos. Tudo isto é feito dentro dos limites da tecnologia, mas visando sempre os melhores padrões de mercado.

9. PREÇO E PERIODO DE VALIDADE DA OFERTA

O preço de cada produto será claramente indicado na loja online. O preço e as condições dos produtos oferecidos podem variar ao longo do tempo, mas em qualquer caso, para uma determinada encomenda, o preço e as condições que foram declarados quando o Cliente efectuou a encomenda serão sempre aplicáveis. O Fornecedor reserva-se o direito de cobrar pela encomenda a partir do momento da sua recepção.

Os preços de venda indicados nas nossas lojas online são apresentados da seguinte forma:

- Se o Cliente vive na União Europeia, todos os preços incluem IVA, mas o Fornecedor deduz este montante do total se o envio for para áreas isentas de IVA. No Reino Unido, todos os nossos preços incluem IVA, que está actualmente a uma taxa normal de 20%.
- Se o Cliente vive fora da União Europeia, os preços não incluem o IVA. O Cliente terá de pagar o IVA local e poderá haver um direito de importação quando a remessa chegar ao seu destino. Em alguns países ou zonas existe também uma taxa de desalfandegamento, estes custos são cobrados pela companhia de navegação que actua como intermediário. Os direitos e regulamentos aduaneiros variam de país para país e é difícil saber exactamente como funcionam.

10. CUSTOS DE TRANSPORTE

Os custos de envio não estão incluídos no preço dos produtos. Os custos de envio serão suportados pelo Cliente e serão adicionados ao montante total dos produtos seleccionados. O Cliente pode verificar o montante dos custos de envio em qualquer altura no cesto de compras, antes de confirmar a encomenda e finalizar o processo de encomenda. O cálculo dos custos de envio depende do volume e peso dos artigos. Os envios para as Ilhas Canárias estão sujeitos a impostos locais de importação e/ou alfandegários.

11. MÉTODOS DE PAGAMENTO, CARGAS E DESCONTOS

O Fornecedor estabeleceu uma parceria com a Adyen and Mar Payments Services S.L. para garantir a máxima segurança de pagamento e a prevenção de fraude e não-pagamento. Se o departamento de segurança suspeitar de qualquer anomalia ou fraude, o Prestador reserva-se o direito de cancelar a transacção por razões de segurança. Os principais métodos de pagamento são cartões de crédito/débito, Klarna, PayPal, Apple Pay e Google Pay. Os métodos de pagamento oferecidos podem variar em função do país de destino. Uma vez que todos os itens tenham sido adicionados ao cesto e o Cliente tenha seleccionado o serviço de courier, todos os métodos de pagamento disponíveis para o seu país de destino serão exibidos. Para pagamentos on-line efectuados por cartão de crédito/débito, o sistema de segurança ´Secure Socket Layer´ (SSL) é utilizado para encriptar informação bancária na rede. Além disso, os detalhes do cartão de crédito do Cliente não são registados em nenhuma base de dados, mas vão directamente para o POS (Terminal de Ponto de Venda) do banco. A fim de oferecer os métodos de pagamento da Klarna, no processo de pagamento, o Fornecedor pode passar os dados pessoais do Cliente no formulário de contacto e os detalhes da encomenda à Klarna, para que esta possa avaliar se o Cliente pode beneficiar destes métodos de pagamento. Os dados pessoais transferidos são processados de acordo com o aviso de privacidade da Klarna (link: www.klarna.com/international/privacy-policy/). O Cliente tem sempre direito a receber a factura em papel gratuitamente, embora se não indicar o contrário na sua encomenda, será considerado como tendo consentido expressamente em recebê-la electronicamente (por correio electrónico). Este consentimento pode ser revogado pelo Cliente em qualquer altura, contactando a equipa de Serviço ao Cliente através da secção de contacto.

12. PROCESSO DE COMPRA

Qualquer produto do catálogo pode ser adicionado ao cesto. No cesto, apenas os artigos, a quantidade, o preço e o montante total serão afixados. Uma vez guardado o cesto, os impostos, encargos e descontos serão calculados de acordo com os dados de pagamento e envio introduzidos. Os cabazes não têm qualquer ligação administrativa, é apenas uma secção onde o Cliente pode simular um orçamento sem qualquer compromisso de ambos os lados. Para efectuar uma encomenda, o Cliente tem de ter pelo menos 18 anos de idade. Se o Cliente for menor, deve pedir aos seus pais ou tutores legais que coloquem a encomenda em seu nome. Uma vez que o Cliente tenha acedido à loja online relevante, o Cliente deve preencher o formulário com os dados pessoais necessários solicitados, que podem ser encontrados em todas as nossas lojas online, e deve clicar no botão finalizar a encomenda para confirmar a compra. Quando o Cliente concluir a sua encomenda, o Fornecedor enviar-lhe-á um e-mail com o número e detalhes da sua encomenda. No caso de haver um problema com a entrega do material, o Fornecedor contactará o Cliente o mais rapidamente possível para o informar da situação e sugerir produtos alternativos que ele possa querer adquirir. Em alternativa, podemos oferecer-nos para reembolsar o montante pago por tais produtos. O Cliente poderá cancelar a encomenda em qualquer altura e sem custos adicionais, desde que a mesma não tenha sido facturada e enviada através da empresa de transporte. Se a encomenda tiver saído das nossas instalações, o Cliente poderá rejeitá-la junto da empresa de transporte no momento da recepção da mesma. A disponibilidade dos produtos no website está em constante mudança e reflecte a situação em tempo real. Adicionar um artigo ao cesto de compras não garante que este seja reservado para o Cliente, uma vez que outros clientes podem tê-lo adquirido durante a navegação no website. Apenas quando o processo de pagamento tiver sido concluído, o produto é efectivamente reservado para o Cliente. O Fornecedor fará todos os esforços para fornecer os produtos listados na confirmação da encomenda. Contudo, poderá haver ocasiões em que seja impossível fornecer tais produtos devido, por exemplo, ao facto de tais produtos não estarem em stock. Nesses casos, o Fornecedor contactará o Cliente para o informar e sugerir produtos alternativos que este possa querer adquirir. Uma vez processada a encomenda, o sistema envia imediatamente um e-mail para o departamento de gestão do Fornecedor. O Fornecedor fornecerá os produtos indicados na confirmação da encomenda do Cliente em conformidade com estes Termos e Condições.

13. DONAÇÕES COM A INTERMON OXFAM

Graças à colaboração directa do Fornecedor com a ONG Oxfam Intermón, o Fornecedor dá a todos os clientes a oportunidade de colaborar com a Oxfam Intermón e apoiar causas caritativas dentro do seu processo de compra. Trata-se de um sistema de doação muito simples e totalmente seguro. Aparecerá mesmo no cesto de compras antes de finalizar a encomenda, permitindo aos clientes aumentar o valor da sua compra com uma pequena doação. Todos os donativos irão inteiramente para a Oxfam Intermón. Caso o Cliente cancele a sua encomenda após fazer a doação, a quantia doada à Oxfam Intermón não será reembolsada.

14. GARANTIAS APLICÁVEIS

Como distribuidor oficial de cada marca, todos os artigos vendidos pelo Fornecedor estão cobertos por uma garantia do fabricante de 3 anos para Espanha e 2 anos para todos os outros países, de acordo com os critérios e condições descritos no Real Decreto Legislativo 1/2007, de 16 de Novembro, que aprova o texto revisto da Lei Geral de Defesa dos Consumidores e Utilizadores e outras leis complementares. Se algum dos produtos adquiridos sofrer de um defeito de fabrico, detectado no prazo de 3 anos para Espanha e 2 anos para o resto dos países, a partir da data de entrega e o defeito tiver sido confirmado pelo fabricante, o Fornecedor compromete-se a repará-lo gratuitamente, a substituí-lo por um novo ou, em alternativa, a efectuar o reembolso correspondente. Neste caso, todos os custos de devolução do produto e envio do produto novo ou reparado serão suportados pelo Fornecedor. Caso o problema com o produto não se deva a um defeito de fabrico e não esteja coberto pela garantia, o Cliente deverá pagar todos os custos adicionais, incluindo o custo de devolução do produto.

Na ausência de prova em contrário, os bens serão considerados conformes ao contrato desde que cumpram todos os requisitos seguintes, a menos que as circunstâncias do caso tornem algum deles inaplicável:
- Estão em conformidade com a descrição fornecida pelo Fornecedor (TRADEINN RETAIL SERVICES).
- São adequados para utilizações a que produtos do mesmo tipo são normalmente destinados.
- São adequados para qualquer utilização especial exigida pelo Cliente quando o Cliente tiver informado a TRADEINN RETAIL SERVICES no momento da celebração do contrato, desde que o Cliente tenha aceite que o produto é adequado para essa utilização.
- Têm a qualidade e o desempenho habituais de um produto do mesmo tipo que o Cliente pode razoavelmente esperar, tendo em conta a natureza do produto e, quando aplicável, as descrições das características específicas dos produtos feitos por TRADEINN RETAIL SERVICES.
- TRADEINN RETAIL SERVICES descreve os detalhes, características técnicas e fotografias dos produtos fornecidos pelo fabricante dos produtos e não está vinculado por estas declarações públicas.

A falta de conformidade resultante de instalação incorrecta do produto será considerada como falta de conformidade do produto quando a instalação estiver incluída no contrato de compra e tiver sido efectuada por ou sob a responsabilidade de TRADEINN RETAIL SERVICES, ou pelo Cliente quando a instalação incorrecta for devida a um erro nas instruções de instalação.

Nenhuma responsabilidade será incorrida por não-conformidades que o Cliente sabia ou não podia desconhecer no momento da celebração do contrato ou que tenham origem em materiais fornecidos pelo Cliente.

O fornecedor será responsável perante o Cliente por qualquer falta de conformidade existente no momento da entrega do produto. O Fornecedor reconhece o direito do Cliente à reparação do produto, à sua substituição, a uma redução de preço e à rescisão do contrato.

O exercício das acções mencionadas no ponto anterior é incompatível com o exercício das acções derivadas da reparação de defeitos ocultos da venda. Em qualquer caso, o consumidor e o utilizador têm direito, de acordo com a legislação civil e comercial, a ser indemnizados pelos danos resultantes da falta de conformidade.

Se o produto não estiver em conformidade com o contrato, o Cliente terá a escolha entre exigir a reparação ou substituição do produto, a menos que uma destas opções se revele impossível ou desproporcionada. Assim que o Cliente informar o Fornecedor da opção escolhida, ambas as partes deverão respeitá-la. Esta decisão do Cliente não prejudica o disposto no ponto seguinte para os casos em que a reparação ou substituição não ponha o produto em conformidade com o contrato.

A reparação e substituição deve obedecer às seguintes regras:

Serão gratuitas para o Cliente. Esta gratuitidade incluirá os custos necessários para remediar a não conformidade dos produtos com o contrato, em particular os custos de transporte, bem como os custos relacionados com mão-de-obra e materiais. Devem ser efectuados num prazo razoável e sem grandes inconvenientes para o utilizador, tendo em conta a natureza dos produtos e o fim a que se destinam pelo Cliente. A reparação suspende o cálculo dos prazos referidos no artigo 123º. O período de suspensão começa a partir do momento em que o Cliente coloca o produto à disposição do Fornecedor e termina com a entrega do produto reparado ao Cliente. A substituição suspende os períodos referidos no artigo 123 desde o exercício da opção até à entrega do novo produto. O Cliente não pode exigir a substituição no caso de produtos não fungíveis, nem no caso de produtos em segunda mão.

O fornecedor será responsável por qualquer falta de conformidade que se manifeste no prazo de dois anos após a entrega. No caso de produtos em segunda mão, o Fornecedor e o Cliente podem acordar num período mais curto, que não pode ser inferior a um ano a contar da entrega. Na ausência de prova em contrário, presume-se que qualquer falta de conformidade que se manifeste no prazo de seis meses após a entrega já existia quando o produto foi entregue, excepto se esta presunção for incompatível com a natureza do produto ou com a natureza da falta de conformidade. Na ausência de prova em contrário, considera-se que a entrega foi efectuada no dia indicado na factura ou na etiqueta de compra, ou na nota de entrega correspondente, se esta for posterior. O Fornecedor é obrigado a entregar ao consumidor ou utilizador que exerce o seu direito de reparação ou substituição, provas documentais da entrega do produto, indicando a data de entrega e a falta de conformidade que dá origem ao exercício do direito. Do mesmo modo, juntamente com o produto reparado ou substituído, o vendedor deve fornecer ao Cliente uma prova documental da entrega, declarando a data de entrega e, se for caso disso, a reparação efectuada. A acção para reclamar a conformidade com as disposições dos artigos acima referidos expirará três anos após a entrega do produto. O Cliente deve informar o Fornecedor da falta de conformidade no prazo de dois meses após tomar conhecimento da mesma. O não cumprimento deste prazo não implica a perda do direito à reparação correspondente, sendo o Cliente responsável, no entanto, pelos danos ou prejuízos efectivamente causados pelo atraso na comunicação. Na ausência de prova em contrário, entender-se-á que a comunicação do Cliente teve lugar dentro do prazo estabelecido.

Quando for impossível ou excessivamente oneroso para o Cliente contactar o Fornecedor por falta de conformidade dos produtos com o contrato de compra, o Cliente poderá reclamar directamente ao produtor, a fim de obter a substituição ou reparação do produto. Em geral, e sem prejuízo da cessação da responsabilidade do produtor, nos mesmos termos e condições que os estabelecidos para o Fornecedor, o produtor será responsável pela falta de conformidade quando esta estiver relacionada com a origem, identidade ou adequação dos produtos, de acordo com a sua natureza e finalidade e com as regras que os regulam. Entende-se por produtor o fabricante de um produto ou o importador do mesmo no território da União Europeia ou qualquer pessoa que se apresente como tal, indicando no produto o seu nome, marca ou outro sinal distintivo. Quem for responsável perante o Cliente terá um período de um ano para tomar medidas contra a pessoa responsável pela falta de conformidade. Este período decorrerá a partir do momento em que o remédio estiver completo.

15. LEI APLICÁVEL E JURISDIÇÃO

Estes termos e condições serão regidos ou interpretados de acordo com a lei espanhola em todas as matérias não expressamente previstas. Nos termos dos artigos 50-52 da Lei 1/2000 de 7 de Janeiro sobre Processo Civil e do artigo 18.1 do Regulamento (UE) 1215/2012 de 12 de Dezembro de 2012 relativo à competência judiciária, ao reconhecimento e à execução de decisões em matéria civil e comercial, a acção intentada pelo Cliente contra o Fornecedor pode ser intentada nos tribunais onde o Fornecedor está domiciliado ou, independentemente do domicílio do Fornecedor, no tribunal do local onde o Cliente está domiciliado.

16. CONFIANÇA ONLINE

O Fornecedor, como membro da Confianza Online e nos termos do seu Código de Ética, em caso de litígios relacionados com contratação e publicidade online, protecção de dados e protecção de menores, o utilizador pode recorrer ao sistema de resolução extrajudicial de litígios da Confianza Online (www.confianzaonline.es).

clouse menu Fechar